sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Alpes Românticos - Triberg a cidade dos Relógios - Alemanha




Hoje vou mostrar mais um lindo local que visitei no meu circuíto pelos Alpes: Triberg.




Antes de chegarmos a Triberg fizemos uma paragem para observar junto a uma grande loja de lembranças e relógios de cuco, um enorme e belo relógio. O relógio foi desenhado por Jürgen Herr e construído por Adolf Herr, Herbert Schieck, Thomas Schieck. Levou um ano a ser construído e tem 10.5 metros de largura e 11.5 metros de altura. Com figuras animadas e temas musicais é um espetáculo.







Junto ao relógio estava uma casinha em madeira linda.




A tranquilidade do campo, mesmo em frente.




Continuámos a viagem para Triberg, uma pequena cidade em Baden-Württemberg, Alemanha, localizada no distrito de Schwarzwald-Baar, no meio da Floresta Negra.





 



A cidade é bastante famosa pela produção de relógios de cuco, sendo chamada a "Cidade dos Cucos". 








Outra das suas atrações são as conhecidas cascatas Triberger Wasserfäller, que com 151m de altura são as mais altas da Alemanha. Infelizmente não deu tempo para as irmos visitar, apenas visualizamos um pouco do percurso do rio Gulach, que vem do alto das montanhas e passa no centro de Triberg.










A magia da Floresta negra está aqui totalmente presente com toda aquela imensidão magnifica de verde, decorada pela passagem das águas do rio. Esta floresta inspirou os irmãos Grimms para escreverem o conto infantil a "casinha de chocolate". 








Edifício do Museu de Triberg.




Cheia de flores, cor e encanto, a cidade tem um charme muito especial. É um colírio para os olhos!


 






Próxima Paragem: Heidelberg

Fotos: Pessoais

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Ser Feliz





Ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções.
Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.
Ser feliz não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos.
Ser feliz não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz não é uma fatalidade do destino, mas uma conquista de quem sabe viajar para dentro do seu próprio ser.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si e ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz, é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um “não”.
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
É beijar os filhos, curtir os pais!
É ter momentos poéticos com os amigos, mesmo que eles nos magoem.
Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós.
É ter maturidade para falar: “Eu errei”.
É ter ousadia para dizer: “Me perdoe!”
É ter sensibilidade para expressar: “Eu preciso de você”.
É ter capacidade de dizer “Eu te amo”.
E, quando você errar o caminho, recomece tudo de novo. Pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida. E descobrirá que...
Ser feliz não é ter uma vida perfeita.
Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.
Usar as perdas para refinar a paciência.
Usar as falhas para esculpir a serenidade.
Usar a dor para lapidar o prazer.
Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.

Augusto Cury



quarta-feira, 28 de outubro de 2015

O que os meus olhos viram ... Passeando pelo Jardim Zoológico




Apreciando mais uma vez este local encantador no coração de Lisboa, o Jardim Zoológico de Lisboa.

"O que os meus olhos viram ..."







Lindos e sociávies






Ai a minha patinha ....




Namorar é sempre bom





Olhem que lindas cores





Aqui come-se à sombra




Mas há quem aprecie o calorzinho do sol





O lindo Coreto que recorda outros tempos






Fazendo como os patinhos ... descansando




O jardim das rosas embora estando fechado ao público deu ainda para apreciar o seu encanto






Bancos com charme







~


Passear por aqui é sempre um prazer.