quarta-feira, 30 de setembro de 2015

O som do relógio



O som do relógio
Tem a alma por fora,
Só ele é a noite
E a noite se ignora.

Não sei que distância
Vai de som a som
Rezando, no tique
Do taque do tom.

Mas oiço de noite
A sua presença
Sem ter onde acoite
Meu ser sem ser.

Parece dizer
Sempre a mesma coisa
Como o que se senta
E se não repousa.

Fernando Pessoa



segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Plenitude





Sorri, sorriste. O Mundo era pequeno.
Mas bastava. Cabia nele, intacto,
o encantamento pleno
que te detinha ali, junto de mim,
que nos detinha ali, serenos, puros
longe da multidão, longe do Tempo
rio que passava ao largo e nós ficávamos.

Sebastião Gama


Janelas com Arte




"A arte é a contemplação: é o prazer do espírito que penetra a natureza e descobre que ela também tem uma alma. É a missão mais sublime do homem, pois é o exercício do pensamento que busca compreender o universo, e fazer com que os outros o compreendam." (Auguste Rodin)






"A arte é um instante de eternidade e perfeição." (V. Avelino)






"Na arte a mão nunca pode executar algo superior ao que o coração pode inspirar." (Ralph Waldo Emerson)






"A arte vence a monotonia das coisas assim como a esperança vence a monotonia dos dias." (Gilbert Keith Chesterton)

domingo, 27 de setembro de 2015

PARABENS PEDRO




Hoje é dia de festa, o meu Pedro faz 15 anos. 



Filho, desejo que a vida te sorria eternamente, que consigas alcançar todos os teus sonhos e que todos os teus dias sejam sempre repletos, de Alegria, Saúde, Paz, “Dinheirinho” para gastar e muito, muito Amor.
 

Amar


O segredo é Amar… Amar a Vida
Com tudo o que há de bom e mau em nós.
Amar a hora breve e apetecida,
Ouvir todos os sons em cada voz
E ver todos os céus em cada olhar..

Amar por mil razões e sem razão…
Amar, só por amar,
Com os nervos, o sangue, o coração…
Viver em cada instante a eternidade
E ver, na própria sombra, claridade.

O segredo é amar mas amar com prazer,
Sem limites, sem linha de horizonte…
Amar a Vida, a Morte, o Amor!
Beber em cada fonte,
Florir em cada flor,
Nascer em cada ninho,
Sorver a terra inteira como um vinho…
Amar o ramo em flor que há-de nascer
De cada obscura e tímida raiz…
Amar em cada pedra, em cada ser,
S. Francisco de Assis…

Amar o tronco velho, a folha verde,
Amar cada alegria, cada mágoa,
Pois um beijo de amor jamais se perde
E cedo refloresce em pão, em água!


Maria Fernanda Teles de Castro e Quadros Ferro
Blog: Fernanda de Castro 




sábado, 26 de setembro de 2015

Azul




Adivinhei-te
através da verdura azul,
colhendo as flores
que iam abrir na próxima primavera.

Eu era o andarilho sem cansaço,
os bolsos cheios de tesoiros desprezados:
os seixos
que as águas modelaram durante milhões de anos,
as asas
que as borboletas entregaram aos ventos,
as sementes
que entram pelas janelas dos comboios e querem
dialogar connosco…

(Um raio de sol
acariciava a tua face
através da verdura azul!...)


Saúl Dias


sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Alpes Românticos - Estrasburgo (Strasbourg) - França




Voltando a mostrar a minha viagem pelos Alpes, depois de visitarmos Innsbruck e o Monte Pilatus, saímos da Suíça e continuámos o nosso caminho entrando na França e parando em Estrasburgo.






No nordeste da França, Estrasburgo é principal cidade e a capital da região da Alsácia e do département (departamento) do Bas-Rhin (Baixo-Reno). A cidade é também conhecida como uma das capitais da Europa, devido às inúmeras instituições europeias que ela abriga, entre as quais o Conselho da Europa, o Parlamento europeu (dividido com Bruxelas) e a Corte Europeia dos Direitos Humanos.






O Centro histórico da cidade de Estrasburgo, a Grande Île (Ilha Grande), foi classificado Património Mundial pela UNESCO em 1988. 




Situada a uma altitude média de 140 metros acima do nível do mar, Estrasburgo caracteriza-se por um relevo relativamente plano. Na margem esquerda do Rio Reno, é atravessada pelo rio Ill, afluente do Reno.









O nosso hotel ficava relativamente perto da Praça Kléber,  a maior e a principal praça de Estrasburgo.




Na praça encontra-se a estátua do general Jean-Baptiste Kléber.




No lado norte da praça é o edifício Aubette. Antigo edifício militar e centro de recreação, foi construído por Jacques-François Blondel em 1765-1772. Foi classificado como Monumento Histórico em 1985.





Outra praça interessante é a Praça Gutenberg.






Imperdível a visita à Catedral de Estrasburgo, a Catedral de Notre Dame, uma das mais bonitas catedrais de arquitetura gótica. Foi construída entre 1176 e 1439, mas os seus alicerces são bem mais antigos, datam de 1015, ano em que o bispo Werner von Habsburg colocou a primeira pedra, para a construção de uma basílica em estilo românico, que arderia em 1176. A sua torre tem 142 metros de altura. Este monumento merece ser mostrado com algum detalhe, por isso irei falar e mostrar um pouco melhor este belíssimo monumento num próximo post.








Nela se encontra uma uma das principais atrações da cidade, uma obra de arte e da engenharia, o relógio astronómico. O seu mecanismo data de 1842 e a sua complexidade e beleza impressionam. Todos os  dia a Igreja fecha das 11:30hs às 12.35h e somente as pessoas com bilhetes apropriados, podem permanecer no interior para poder observar o relógio astronómico, cujas figuras automáticas se movimentam.





Como este ano a Catedral comemora os 1000 anos da sua fundação, para além de vários eventos que têm estado a decorrer, à noite fomos assistir a um belíssimo espetáculo de luz e som. Tenho pena de não ter conseguido tirar fotos à altura do que vi, mas há noite não é fácil.





Fomos conhecer um bairro maravilhoso, o Petit France, um dos ponto turísticos mais famoso da cidade. Foi criado em torno dos canais do Rio III e é repleto de casas em enxaimel que no passado pertenciam a curtidores de matadouros, que usavam a água do rio para limpar e preparar as peles dos animais, e em seguida, colocavam-nas para secar nos telhados das casas.






Começamos a nossa visita perto da Barragem de Vauban. Esta barragem foi projetada, pelo engenheiro militar francês Vauban, tendo sido construída em 1681 como uma estrutura defensiva: as comportas podiam fechar-se, para proteger a cidade de ataques ou inundações.





Com as suas magnificas casas da época Renascentista Alsaciana, está rodeado por canais, pontes e muitas e muitas flores, é um local incrível.








As flores ....










As suas belíssimas casas enchaimel e lá ao fundo uma das pontes que se desloca para os barcos poderem passar.







A casa mais famosa é a "Maison des Tanneurs" datada de 1572.




Estrasburgo é a sede de várias instituições europeias tais como o Conselho da Europa (com o seu Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, a sua Direcção Europeia da Qualidade dos Medicamentos e seu Observatório Europeu do Audiovisual Europeu) e as Eurocorps, bem como do Parlamento Europeu e do Provedor de Justiça Europeu da União Europeia. Além disso, a cidade é a sede da Comissão Central para a Navegação do Reno e do Instituto Internacional de Direitos Humanos. 


Parlamento europeu





É uma cidade fantástica.

Próxima Paragem: Colmar

Texto explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais